Anecdota

Laughter is the Best Medicine

Cocaína, crack e oxi


A cocaína é utilizada por entre 14 e 21
milhões de pessoas por ano e entre 100 a 500 bilhões de dólares são movimentados
todo ano por meio do seu comércio ilegal. Em 2012, o Brasil foi o segundo maior consumidor
de cocaína e derivados do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. A cocaína é uma substância extraída a
partir das folhas de um tipo de planta conhecido como coca e tanto o crack quanto o oxi também
vêm dai. Enquanto a cocaína costuma ser inalada na
forma de pó, o crack e o oxi costumam ser fumados na forma de pedra. A absorsão da cocaína pela mucosa nasal
leva a efeitos que podem durar entre 15 e 30 minutos, enquanto que a absorção do crack
ou do oxi pelos pulmões resulta em efeitos mais intensos e que duram cerca de 5 a 10
minutos. As principais diferenças entre o crack e
o oxi estão na preparação e no preço. A pasta base de cocaína pode ser misturada
com bicabornato de sódio, acetona, amoníaco e éter para virar uma pedra de crack. Já no caso do oxi, é feita uma mistura com
cal virgem, querosene ou gasolina, substâncias essas que são bem mais corrosivas, tóxicas
e baratas. Isso acaba barateando a produção do oxi
e tornando ele mais acessível do que o crack a muitos usuários. Embora todas as 3 formas sejam bem viciantes
e prejudiciais para a saúde, o oxi e o crack viciam mais facilmente e o oxi é o mais agressivo
para o corpo por conta dos materiais mais tóxicos usados na sua preparação. Alguns dos efeitos mais rápidos e comuns
dessas coisas são euforia, agitação, hipersensibilidade sensorial, irritabilidade, paranoia, impulsividade,
pupilas dilatadas, aumento da temperatura corporal e batimentos cardíacos acelerados. A médio e longo prazo, podem haver prejuízos
graves no fígado, nos rins, na boca, nos dentes, nas vias aéreas e no cérebro. O consumo também aumenta o risco da pessoa
desenvolver doenças cardiovasculares, doença de Parkhinson, sintomas psicóticos e paranoia
extrema. Outros possíveis efeitos do uso recorrente
são a redução nas capacidades de memória, concentração, raciocínio e autocontrole,
podendo levar a pessoa a comportamentos violentos para obter e consumir a substância novamente. A cocaína inibe a reabsorção natural de
neurotransmissores como a dopamina, a serotonina e a norepinefrina. Então depois de liberados em algumas sinapses
do cérebro, esses neurotransmissores acabam se acumulando em níveis excessivos, intensificando
a sensação de prazer. O cérebro vai se adaptando a esses níveis
excessivos e depois se torna menos sensível à cocaína. Isso frequentemente leva as pessoas a tomarem
mais doses ou doses mais potentes para sentir a mesma coisa de antes ou evitar os sintomas
da abstinência. Como os efeitos do crack e do oxi são mais
curtos e intensos, o risco de overdose é maior, embora o risco envolvido no consumo
da cocaína seja considerável também. Esse risco é maior ainda quando algum deles
é consumido junto com outras substâncias como o ácool ou a heroína, por exemplo. Não existe quantidade segura de consumo da
cocaína, do crack ou do oxi. Todos têm grande potencial de viciar e podem
gerar prejuízos imediatos e duradouros no organismo. O tratamento ideal para o transtorno por uso
de substância vai depender das particularidades de cada pessoa, mas com frequência envolve
a atuação de psiquiatras, psicólogos e outros profissionais. Sem ajuda profissional, a vida de muitas pessoas
que se envolveram com a cocaína vai se deteriorando rapidamente e sem que ela tenha plena consciência
disso. Assista o nosso vídeo sobre vício e também
não deixe de conferir o nosso último vídeo! Se gostou do vídeo de hoje, deixe um joinha
aqui para que mais pessoas possam conhecer o nosso canal!

95 thoughts on “Cocaína, crack e oxi

  1. Gostei do video, mas só faltou informar que a cocaína causa depressão profunda após o efeito passar

  2. um amigo meu era depressivo e acabou se envolvendo com cocaína em busca de alívio do sofrimento, acabou que a cocaína a longo prazo piorou a depressão laevando-o ao suicídio

  3. voces poderiam abordar o tema de frustraçao sexual, que foi o motivo real dos atentados em suzano, aqui tem uma materia base para isso

    https://www.vice.com/amp/pt_br/article/zm8v3e/incel-massacre-realengo-dogolachan-homini-sanctus-marcello-valle-silveira-mello?__twitter_impression=true&fbclid=IwAR3L70gW1wbHtUq4_97Zm2NYYaMt-vzGsmLgBnutwpSDEkQT4Q2HBLB7hp0

  4. Essa sujeira toda nas drogas é um agravante ainda maior do efeito…

    Isso sem contar a galera que morre de overdose qua do muda de fornecedor para um que tem a droga mais pura (usando dose maior sem saber).

  5. Oxi não existe!!! Foi um grande boato que nunca se confirmou.

    Estudem mais sobre isso para não ficarem falando besteira.
    Deixo aqui abaixo essa matéria que esclarece.
    https://super.abril.com.br/blog/psicoativo/a-invencao-do-oxi/
    A invenção do óxi | Superinteressante

  6. Moro perto da cracolandi d SP é triste a situacao e o q falo no video é isso mesmo q bom essa informacao otimo video

  7. Infelizmente os usuários são doentes. Precisam de ajuda no tratamento. A sociedade precisa enxergar isso. Ninguém começa a usar essas drogas com a intenção de ficar viciado.

  8. Faz sobre o LSD, droga altamente consumida pelos hibbies durante a década de 60, uma das drogas ilícitas mais seguras e mais potentes. Dá like para ele vê

  9. Não usem Douglas, crianças. Façam um pacto com a coca cola, mas tomem cuidado, vocês podem ser um mentos e não saber.

  10. Agora o mais óbvio de tudo, se a cocaína nunca tivesse sido proibida, provavelmente nunca teriam surgido o crack e o oxi.
    Palmas para a guerra contra às drogas que nunca venceu nenhuma batalha!

  11. Existe consumo seguro de maconha, álcool, cogumelo, LSD e ecstasy?
    Segundo pesquisa da The Lancet, o álcool é a pior droga de todas quando se considera os danos causados a si mesmo mais os causados aos próximos.

  12. Nunca tenham curiosidade pra experimentar pelo amor de Deus! No meu canal tem uma pegadinha brincando com o tema e inventei de experimentar. Destruí a minha vida e to aqui nesse momento tentando vencer isso e ter meu trabalho, minha família e minha vida social de voltar. CUIDADOS! DROGA É UMA DESGRAÇA NESSE MUNDO!

  13. Vocês estão bem desinformados. Podem assistir os vídeos do Johan Harri sobre vício e o do Carl Hart sobre redução de danos, numa entrevista que ele dá ao Drauzio Varella.
    A psicologia do medo não funciona, e vocês são um excelente canal, não caiam nessa. Façam diferente.

  14. Eu tava precisando de uma foto de perfil nova pro meu canal, vcs podem postar um vídeo ensinando a fazer esses tipos de desenhos que vcs fazem?

  15. Ola, gostaria de pedir se poderiam fazer um vídeo sobre pessoas que se sentem incompreendidas… Por exemplo, em meio a todos os tipos de pessoas, nerds, geeks, populares e etc (perdão pelo estereótipo, era apenas como dar o exemplo mesmo) eu me sinto muito descolado, será que isso é apenas algo da minha mente? Não me sinto confortável e totalmente compreendido, será que todos são assim e é apenas meu ego ou tem alguma explicação para isso? Grato desde de já.

  16. Gosto muito desse canal e gostaria muito que falassem sobre tricotilomania e dermatilomania. A Dermatilomania é algo que muitos tem,mas não sabem que existe nome pra isso,veem apenas como um mal hábito comum.Por favor,tem poucos vídeos brasileiros sobre…

  17. 2:21 Paranoia não tem mais acento.
    Vocês também deveriam fazer um vídeo sobre o porquê de Portugal descriminalizar todas as drogas.

  18. Sei bem o inferno que é isto. Achei muito instrutivo o video. Mesmo sendo militar aposentado, enfermeiro e técnico em dependência química, vivi o inferno da dependência química em crack por quase 20 anos, entre tempos limpo em recuperação e recaídas hora esporádicas, hora frequentes. Passei por 9 internações psiquiátricas e 4 em comunidades terapêuticas de 6 e 9 meses de isolamento. Conheci o crack tarde, com 23 anos, hoje tenho 45. Passava as vezes um ano sem recaídas, graças a narcóticos anônimos, meu Poder Superior e força de vontade. Mas o vicio é pesado, conheço bem a química da droga e a metabolização dela por ser enfermeiro. Mas conhecimento algum é grande o suficiente para sobrepujar o efeito devastador de uma química tão pesada. Só quem viveu isso sabe do inferno da recaída, pois de prazer, não tem é nada. Nunca fui de frequentar mocós e viver na vida louca, ou andar com noias. Meu uso era solitário e isolado, com vergonha do mundo e de mim mesmo por ser escravizado por algo tão… Demoníaco. Sou formado em enfermagem, ciências, música. Programador java de aplicativos, 20 anos de carreira militar, me aposentei por invalidez por consequência do próprio crack: desenvolvi ao longo dos anos linfoma não hodjkin, um câncer doloroso no corpo todo, mesmo passando quase a vida toda praticando atividade física e com alimentação saudável, pois sempre que o crack tentava tomar conta, eu buscava ajuda consciente de que havia perdido o total controle da minha vida. As perdas materiais foram enormes, mas nada tão traumático quanto a perda da saúde. Emocional? Perdi o amor, respeito e confiança da família permanentemente, e não os culpo por isso. Perdi dois casamentos, e inúmeros relacionamentos amorosos que troquei pelo uso da droga. Este depoimento, esta partilha, serve de aprendizado para as pessoas que pensam que o uso do crack e drogas em geral, é coisa de vagabundo, sem vergonha, marginal, bandido, em busca de prazer momentâneo, ou coisa de gente burra e lerda. Pois não é. Não escolhe classe social, instrução ou conhecimento didático. Estudei muito isso, pra tentar descobrir o porquê de ter destruído quase toda minha vida sem razão alguma, mesmo tendo a criação e formação tão boa que tive. Nunca tive coragem de roubar um centavo de ninguém na vida, mesmo quando no uso. Nunca iniciei ninguém ou incetivei a usar. Este é um alerta: cuide muito dos seus familiares e filhos. E não os condene ou os culpe pela droga ter cruzado o caminho deles. Sou só mais um adicto em recuperação, limpo há pouco mais de um ano. SPH.

  19. Gente eu não uso cocaína mas o rapaz que eu gosto, fica de 2 a 4 dias usando, no final disso tudo fica reclamando que tá cansadão!!! Alguém sabe me dizer o porquê????

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *